Arquivo

Archive for the ‘Indie’ Category

Trailer de Maverick Hunter X: Giga Mission, um Mega Man com sabor beat ‘em up

17 de dezembro de 2018 Deixe um comentário


Saiu um trailer de Maverick Hunter X: Giga Mission, um fangame de Mega Man X cujos gifs de desenvolvimento eu tenho acompanhado faz um tempo no Twitter. E agora reparei que é uma obra do Rodrigo Shin, o conterrâneo que desenvolveu o Cataegis: The White Wind há alguns anos. A proposta do jogo é que ele é um beat ‘em up no estilo difundido pelo Guardian Heroes no Sega Saturn: aos invés de ter movimento livre, saltamos entre dois “trilhos” para enfrentar inimigos e desviar dos ataques deles. O trailer mostra bastante tiroteio, golpes especiais e até um pouco de platforming nas fases.

Mais informações no Twitter dos desenvolvedores.

(Indie) Trailer de Minoria

19 de setembro de 2018 1 comentário


Foi publicado um trailer do jogo de ação Minoria desenvolvido pelo Bombservice, o mesmo desenvolvedor da série Momodora. Trata-se de uma aventura semelhante ao quarto Momodora, com uma freira guerreira chamada Semilla se aventurando por uma terra sombria e cheia de bruxas e criaturas diabólicas. Embora a jogabilidade seja 2D como o jogo anterior, o visual é desenhado à mão e usa modelos 3D com aspecto de anime. Minoria será lançado para PC em 2019 e há planos de portá-lo ao Nintendo Switch.

Também foi anunciado que o já mencionado orgulho nacional Momodora: Reverie in the Moonlight receberá um port para o Nintendo Switch em breve.

SAGE 2018 no ar

28 de agosto de 2018 1 comentário


…há dois três dias, mas depois que eu mandei um protótipo do Cosmic Boll pra lá eu fiquei sem internet pelo resto do fim de semana. E mal consigo baixar alguma coisa mesmo assim, então num vai dar pra cobrir direito o evento, não.

O jogo que mais deu o que falar na exposição é um remake do Sonic Chaos nos moldes de Sonic Mania. O Sonic Chaos era um jogo fora do comum, com fases curtas onde o objetivo era explorar e juntar 100 anéis para acessar as Fases Especiais, e não apenas correr até a placa de chegada. Este remake joga isso pela janela e traz um level design mais convencional e veloz. Pelo que vi em videos, o ato 2 tem um mapa bem no estilo Chaotix: vertical, serpentino e um tanto confuso. Se não prestar atenção, dá pra correr em círculos sem saber onde ir. A engine do jogo, com o nominho de Crimson Engine, foi criada pelos próprios desenvolvedores e parece convincente. No geral o remake está sendo feito com esmero e parece sim bem promissor.

Outro jogo que estou tentando baixar sem sucesso é o Kyle & Lucy: Wonderland, um trabalho do cara que tinha feito o fangame Sonic Zero. Tem visual bem bonito, dois gatinhos como protagonistas e algumas mecânicas interessantes como Spin Dash nas paredes.

Uma surpresa legal é o Dream Dasher, onde controlamos uma bolota roxa e rolamos por aí quicando nos bichos do mal com dashes aéreos. Quando resolvi trazer de volta o Bolinha eu não esperava ter concorrência na SAGE, mas até dois fangames de Kirby apareceram.

Entre outros projetos interessantes há uma nova demo dum fangame legal de Crash Bandicoot e um tal de Grand Dad Mania, baseado num bootleg de Flintstones do NES que virou piadinha viral há certo tempo.

Trailer de Awakening Sarah

20 de junho de 2018 Deixe um comentário


Saiu um trailer de Awakening Sarah, a continuação do Dreaming Sarah que foi lançado em 2015 pelo desenvolvedor brasileiro Asteristic Game Studio. Após acordar do coma em que estava no jogo anterior, a heroína vai parar no divã pra resolver seus problemas psicológicos e isso ainda envolve muita perambulação por mundos mentais bizarros e misteriosos como é de praxe num jogo inspirado pelo clássico cult Yume Nikki.