Arquivo

Archive for the ‘Fangames’ Category

Trailer da SAGE 2017

26 de setembro de 2017 1 comentário


A Sonic Amateur Games Expo é uma exposição anual de fangames do Sonic e demais jogos indie que neste ano vai acontecer entre 30 de Setembro e 7 de Outubro. O trailer acima mostra uma parte dos jogos que estarão disponíveis. Além do Sonic 2 HD há um remake de Sonic 2006 porque sim, fangames de Super Mario e Crash Bandicoot e projetos chamativos que como o Freedom Planet e o Spark The Electric Jester empregam a jogabilidade de Sonic em universos originais. Dash Cats esteve presente na SAGE do ano passado, mas Clash Force 2, Astral World e Allegro: The Melodic Warrior são jogos que desconheço e pretendo experimentar.

Segunda demo de Sonic 2 HD anunciada

17 de setembro de 2017 Deixe um comentário


Com o lançamento do ótimo Sonic Mania montar joguinhos retrôs não oficiais com o personagem até perdeu um pouco da graça, mas há vários projetos que eu torço para verem a luz do dia, como o Sonic 2 HD apresentado no trailer acima e cuja segunda demo está marcada para o dia 30 de Setembro. O jogo recria o Sonic 2 com gráficos em alta resolução e não economiza nos detalhes. Não se sabe que fases estarão disponíveis nela (e nem lembro se a demo 1 já tinha a Emerald Hill completa), mas a Emerald Hill, a Chemical Plant e a Hill Top parecem estar num estado avançado no trailer.

(Review – PC) Yo! Noid II: Enter the Void

8 de agosto de 2017 1 comentário


Certa vez a Capcom inventou de lançar um jogo de NES chamado Kamen no Ninja Hanamaru no ocidente como um advergame para a pizzaria Domino’s. O resultado chamado Yo! Noid tem certa popularidade entre retrogamers pela sua premissa inusitada e alto desafio, e nestes tempos em que o Sonic mais aguardado é um fangame profissional e até o Bubsy está de volta um pessoal resolveu fazer uma continuação 3D que apareceu do nada há alguns dias.

Yo! Noid II foi desenvolvido em um mês para a competição New Jam City 2017. É um jogo que consegue ser ao mesmo tempo uma paródia propositalmente tosca e um jogo de bons padrões de qualidade. Ainda por cima, todo screenshot que eu tiro parece ter saído de um artigo de revista dos anos 90 que comentava algo que depois nunca seria lançado.

Após uma breve cutscene em live-action, começamos num remake da primeira fase do jogo original. Em todo o jogo menos o final não há qualquer inimigo ou obstáculo além de buracos durante o platforming, e mesmo assim a única punição ao errar um pulo é o gritinho horroroso que o personagem faz. Para jogar direito é preciso dominar os movimentos de correr em paredes, saltar entre elas e usar um ioiô para se pendurar em objetos ou puxá-los. É muito recomendado ter um joystick para controlar o Noid e manobrar a câmera ao mesmo tempo.

Após completar essa fase o Noid acaba num deserto onde estão as caixas-portais que levam para 3 novas fases que podem ser jogadas em qualquer ordem. O que enche o saco é que esse desertão é um enorme vazio em que só um dos portais está em um local chamativo. A caixa mais à esquerda do ponto inicial leva a uma fase de fábrica com alto platforming e quebra-cabeças leves. O portal que fica numa barraca leva a um templo que exige que você saiba usar todos os movimentos do herói para resolver quebra-cabeças com limite de tempo. A terceira fase (que eu acabei jogando primeiro) volta ao foco em percursos de obstáculos básicos, mas próximo ao fim temos umas sacadas de gravidade baseadas em Super Mario Galaxy!

Após completar as três fases aparece uma porção de pizzas gigantes no deserto que formam uma rampa até uma curta fase final e o bizarro vilão da história, cujo conceito lembra o monstro de manteiga dos hoaxes de Bio Force Ape de tão escroto. Na batalha final você deve usar o ioiô para arremessar blocos no chefe sem tropeçar nas eletrizantes áreas azuis da arena. Aqui também não há punição por tomar pancadas a não ser perder tempo e ouvir um efeito sonoro irritante.

Ainda que algumas partes encham o saco, que as pizzas que você coleciona pelo caminho sirvam pra nada e o enredo acabe sem resolução alguma após o chefe final, Yo! Noid II é um fangame surpreendentemente bacana no fim das contas. Se tivessem tentado fingir que isto é um jogo nunca lançado do PlayStation 1 até dava pra acreditar.

Link de download:
https://dustinbragg.itch.io/yo-noid-was-ahead-of-its-time

Fangame Chao Garden Resort é lançado

6 de agosto de 2017 Deixe um comentário


Os dois Sonic Adventures tinham um modo bichinho virtual bem robusto que era popular entre a molecada que conheceu o ouriço nessa época. Eu também brinquei um bocado com isso na versão mais limitada que vinha com o Sonic Advance, mas infelizmente nunca pude transferir meu Chao de atributos maximizados para o Adventure 2 de Game Cube… Desde então a Sega nunca se ligou de lançar um spinoff dedicado a isso mesmo nem para smartphones, então ficou por conta de fãs montar este fangame chamado Chao Garden Resort.

O jogo é uma versão expandida do Tiny Chao Garden que existia no Sonic Advance 1 (e que inexplicavelmente tinha que ser destravado no segundo). Você deve alternar entre tomar conta dos bichos para aumentar seus atributos e coloca-los em competições para ganhar dinheiro e então poder comprar items e acessórios. Tá tudo bem caprichado e certamente vai agradar a quem sentia sauda… PERA AÍ CADÊ OS MINIGAMES DE MEMÓRIA E PEDRA-TESOURA-PAPEL NESSE NEGÓCIO DESENVOLVEDOR VACILÃO

Baixem Chao Garden Resort por este link.