Início > Fangames, Games, Gaming Nikki, Indie, Sonic The Hedgehog > O que eu joguei em 2011

O que eu joguei em 2011

Como sabem, há um mês o Ighor Henrique convidou os grandes retromans da blogsfera brasileira e este idiota aqui para comentar sobre os jogos que jogamos durante 2011.

Então eu passei o mês inteiro andando em círculos como sempre, escrevendo alguma coisa quando a inspiração aparecia… e apagando tudo no dia seguinte. E quando chegou o momento do tudo ou nada, eis que uma tempestade terrível surge e mata minha internet!

E a cereja no bolo é que eu deixei o post agendado pro dia da meme sem ele estar pronto, como se houvesse a menor possibilidade de eu mudar e escrever algo sem atrasos!

Por sorte, o post não foi publicado automaticamente, talvez porque o WordPress considere “00:00” como meia-noite.

Mas enfim, neste post eu tento me lembrar das coisas (geralmente freewares ou emuladas) que joguei em 2011 e comentar sobre elas. Eu tô devendo posts de reviews pra maioria… isto deve servir por enquanto.

-Wind and Water: Puzzle Battles (PC)

Este puzzle originalmente lançado para o Dreamcast e o GP2X foi portado gratuitamente para computadores no começo do ano. Para destruir blocos é preciso girar grupos para formar losangos de uma cor só. Há 3 mecânicas de combos que exigem muita velocidade nos dedos e nos olhos para marcar pontos.

O jogo tem um modo story bem longo com diversas missões, oportunidades para quebrar sequência, minigames e alguns segredos. Foi muito bacana ver um jogo deste calibre ser lançado de graça.

-Speedy Eggbert 2 (PC)

Speedy Eggbert é um jogo de plataforma que não é muito popular, mas que foi vendido a preço de banana neste país há alguns anos. Neste ano eu descobri que existe uma continuação, que eu logo conferi através de métodos ilegais.

Infelizmente, Speedy Eggbert 2 é um caso ruim de mais do mesmo, tanto que nem se importaram de trocar a trilha sonora. O bom é que o editor de fases continua lá, com novas gimmicks para galera se divertir.

-Streets of Rage Remake (PC)

Às vezes a I.A. é uma porcaria.


Se dizem que Streets of Rage 2 é o melhor beat’em up já criado, então o que dizer de um fangame que funde a trilogia, trazendo todos os personagens, fases e ainda mais novidades? Eu acho que a terceira fase final é uma porcaria, mas tirando isso, SORR é perfeito.

E ainda bem que a Sega baniu o jogo tarde demais.

-“Manos” The Revenge of Torgo

Foi só quando The Revenge of Torgo foi lançado que eu consegui escrever o review do Mega Man Vs. Reirom. Consequentemente, acabarei atrasando o review de The Revenge of Torgo até o lançamento de Eldaiya.

Bem, Revenge of Torgo é um crossover de Splatterhouse com o filme trash “Manos” The Hands of Fate. Não é um kusoge como o MMVSRR mas ainda é bem doidão. É curto mas bem legal. Foi até divertido caçar os achievements!

-Psycho Waluigi (PC)

Waluigi é um personagem inútil da série Mario que só aparece nos spinoffs esportivos, mas é carismático e tem fãs. É pouco provável que a Nintendo crie um jogo pra ele, mas de qualquer forma, a aventura perfeita para o Mario Roxo já existe na forma deste fangame, Psycho Waluigi.

Com seus poderes psíquicos, Waluigi pode pegar e arremessar praticamente qualquer objeto e usar as habilidades de certos inimigos de forma semelhante ao Kirby. As fases são muito criativas e únicas e os chefes no final de cada capítulo são ótimos.

-Spiral Knights (PC)

Spiral Knights é um hack and slash online com jogabilidade semelhante aos Zeldas 2D. Apesar de certos limites e do level grinding extremo, o jogo é muito bom e divertido. Eu não tenho jogado muito porque meu netbook (e/ou minha conexão) roda o jogo com constantes e graves quedas de FPS, o que não prejudica apenas eu, mas também qualquer azarado que acabe na mesma equipe que eu (Como o HP inimigo depende do número de jogadores, toda a equipe tem de ser esperta.). Se você que está lendo isto tem uma máquina melhor do que a minha, recomendo fortemente este jogo.

-Quake (PC)

Quando eu era criança e ainda estava na primeira série, uma professora nos introduziu aos computadores para jogar Quake e nos tornar homicidas no futuro.

Há algumas semanas eu baixei uma cópia do Quake sem trilha sonora para jogar até o fim. É um joguinho bem perfeitão, não? É bem fácil e intuitívo de se jogar (nem tem botão de usar items/abrir portas), tem fases legais, um elenco interessante de inimigos e muitos segredos que fazem bom uso do level design e da habilidade de pular (que era inédita na época).

E a arte de speedrunning surgiu deste jogo. Uau.

-Power Shovel (PSX)

Zoiem só, algo na lista que não é de PC!
…Mas que eu joguei em emulador…

Power Shovel é um desses jogos japoneses com premissa única e pitoresca. No controle de um trator carregadeiro, é necessário pegar coisas com a pá ou destruir obstáculos. A jogabilidade é complexa e é fácil ficar sem entender como mover a máquina nas primeiras jogadas. O que complica mais é que o tempo para completar cada missão é curto e há várias formas de ser penalizado.

Além das várias missões há um simples editor de fases. É um jogo difícil, mas deveras interessante.

Treasure Adventure Game (PC)

Treasure Adventure Game acabou de ser lançado para ajudar a fechar o ano indie freeware com chave de ouro. É um metroidvania bem grande e fantabuloso.

-Sonic Classic, Sonic Axiom e Sonic Before The Sequel (PC)

Hoje em dia a comunidade da série Sonic tem material pra criar fangames altamente fiéis a trilogia do Mega Drive, mas o problema é que levar um projeto até o fim é algo que poucos conseguem.

Sonic Classic, Axiom e Before The Sequel são os primeiros fangames completos e criados no Sonic Worlds. Os três tem seus altos e baixos, mas em geral são bem bacanas. Como cada criador tem uma visão diferente de level design e gráficos, os 3 jogos são bem distintos.

Lista gigante de blogs participantes da meme:
O Ácido Cinza
Marvox Brasil
Canal Primastart
Fórum Retro Games Brasil
Retroplayers
Gagá Games
Passagem Secreta
Blog do Kyo
Glstoque
Game Sênior
Cosmic Effect
Gamer Caduco
Sega Forever
The Twosday Code
Relíquias do Mame
Shugames
Meio Orc
Santuário do Mestre Ryu
Memórias de Um Lobo de Madeira
Olha Mãe Meu Blog de Video Games
Alforje
How Far You Can Get
Super Controle Podcast
Game Genius
Game Play Blog
Stage Bonus
Vão Jogar!
Museum dos Games
Blog Edi (FZ2D) Retro Reviews

  1. 15 de dezembro de 2011 às 1:40 PM

    *Escrevendo na lan house, ainda faltam ibagens*
    *4:40, a internet voltou… e já tá chovendo de novo…*

    • 16 de dezembro de 2011 às 12:08 AM

      Valeu pelo sacrifico para participar do MEME.

      Ótima lista. Me animei bastante em conhecer o Wind and Water: Puzzle Battles que pelo jeito e bem difícil.

      Como fui esquecer de colocar na minha lista o Streets of Rage Remake e do Golden Axe Myth, excelentes remakes de clássicos.

      O Spiral Knights baixei assim que saiu de graça no Steam, um pena que meu PC antigo não tenha conseguido roda-ló. Agora com um PC novo pretendo voltar a joga-ló.

      Obrigado pela participação Emerson.

  2. 16 de dezembro de 2011 às 12:22 AM

    Cara, eu PRECISO conhecer o SoR Remake. Eu sempre digo que vou experimentá-lo e nunca me lembro. É que eu perdi o costume de jogar no PC desde que o meu passou a esquentar e não rodar nem Worms direito. hahaha
    E esses fangames do Sonic eu também não conheço, mas parecem interessantes, ainda mais se são fiéis aos jogos do Mega Drive. Vou procurar e jogar estes também, com certeza.
    Uma pena que todo mundo tem as prioridades na vida e nem sempre conseguem tempo pra finalizar os fangames deles. Mas legal que alguns conseguem.

  3. 16 de dezembro de 2011 às 1:53 PM

    Foi mal pelo atraso, mas está aí minha participação:
    http://supertecnicamente.wordpress.com/2011/12/16/o-que-voce-jogou-em-2011/

  4. 16 de dezembro de 2011 às 3:00 PM

    Putz!
    Esse é o cara mais cabeça aberta da blogsfera com certeza. Acho que nunca vi ninguém jogar tanto hack, hacklash qualquer coisa, indie, fan-games e essas coisas. Queria ser assim. Não consigo jogar muita coisa de PC e nem que fuja do padrão das versões.

    …estou ficando assustado. Esse meme está me fazendo descobrir como minha cabeça é dura. Droga.

    • 16 de dezembro de 2011 às 10:05 PM

      Nah, mesmo assim a sua lista também é respeitável, cara.

  5. leandro(leon belmont) alves
    18 de dezembro de 2011 às 9:42 AM

    @Gamer Caduco

    SoR até hoje quero baixa-lo, mas não encontro mais nada sobre ele. e que bom que o Hyper é fã de Quake. eu prefiro esse do que Doom(embora esse seja o pai de Quake)

  6. 20 de dezembro de 2011 às 12:57 AM

    Ninguém é uma ilha mas eu sempre esqueço de checar os blogs alheios.

    Tá valendo chegar atrasadaço na brincadeira ou já foi?

    E não chamaria MMVSRM de kusoge… ainda mais que minha opinião é isenta e imparcial. Tá, chamaria sim, mas é o mais legal que já joguei. (Novamente, isenção e imparcialidade acima de tudo).

    • 20 de dezembro de 2011 às 7:22 PM

      Hoje é dia 20 e ainda tem gente mandando seus posts, então tá valendo.

      E eu só chamei o MMVSRR de kusoge por causa dos gráficos cubistas, enredo brasileiramente cinematográfico e porque o jogo é muito mais jogável do que My Hero apesar de todas as pandeguices. Não foi pra ofender, não, de jeito nenhum. o.o

      • 22 de dezembro de 2011 às 12:20 AM

        Haha, sussa, cara, não tomei como ofensa de maneira alguma, só fui dar de bocó falando aquilo mesmo.

        Vou fazer minha lista aqui que com sorte fica pronta antes da Media Noche e posto quando estiver pronta.

  7. 22 de dezembro de 2011 às 3:14 AM

    Bom, enfim tá feito… e eu tô morto.

  8. 24 de dezembro de 2011 às 7:23 AM

    Saldo da noite 2 celulares a menos e um sentimento de tristeza em ver que ainda faltam coisas básicas para que o evento possa crescer ainda mais.

  9. 25 de dezembro de 2011 às 12:21 AM

    Caramba, quanto jogo indie obscuro! E eu achando que conhecia jogos independentes! Depois deste artigo, preciso dar uma pesquisada melhor (e jogar mais coisas, também!)…

  1. 15 de dezembro de 2011 às 7:02 PM
  2. 15 de dezembro de 2011 às 10:35 PM
  3. 15 de dezembro de 2011 às 11:53 PM
  4. 16 de dezembro de 2011 às 1:44 AM
  5. 16 de dezembro de 2011 às 2:05 AM
  6. 16 de dezembro de 2011 às 11:05 PM
  7. 17 de dezembro de 2011 às 3:46 AM
  8. 19 de dezembro de 2011 às 5:32 PM
  9. 20 de dezembro de 2011 às 10:29 AM
  10. 20 de dezembro de 2011 às 10:31 AM
  11. 20 de dezembro de 2011 às 1:51 PM
  12. 28 de dezembro de 2011 às 10:07 AM
  13. 16 de julho de 2012 às 6:36 PM

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: