Arquivo

Archive for novembro \12\+00:00 2019

Foi lançada a demo de Sonic Triple Trouble 16-bits

12 de novembro de 2019 1 comentário


Criar um remake 16-bits do Sonic Triple Trouble sempre foi um sonho entre alguns fãs do azulão, tanto pelo acabamento melhor que aquele jogo de Game Gear tinha em comparação com os anteriores, por acharem o tema da Sunset Park Act 3 um dos melhores da franquia ou até por simpatizarem com o Fang The Sniper, que chegou a fazer ponta como chefe no Sonic Mania.

Pois então, o compositor e desenvolvedor Noah Copeland, que participou das trilhas sonoras dos fangames Sonic Project Survival e Sonic Neo Genesis, tem trabalhado num projeto bem assim e lançou uma demo com a primeira zona completa ontem.

O jogo põe o Triple Trouble como continuação direta do 3 & Knuckles e lhe dá o tratamento Mania com level designs expandidos, inimigos e bugigangas novas nas fases, cenário diferente no segundo ato e chefes inéditos. Eu fiquei muito contente jogando a demo e até recomendo que vocês baixem logo ela e experimentem sem ver o trailer acima para manter as surpresas intactas. Fora o chefe do ato 2 que o cara resolveu spoilar na prévia do vídeo.

Link de Download

Kickstarter e demo nova de Vertebreaker

6 de novembro de 2019 1 comentário


O Vertebreaker é um projeto do Stealth da Headcannon, que foi um dos membros do time de desenvolvimento do Sonic Mania (que ironicamente não se uniu ao grupo Evening Star formado por eles). Tem uns anos desde a primeira vez que ele apresentou imagens do jogo em seu blog e, depois da demo técnica na SAGE há alguns meses, agora veio em ocasião do Halloween a campanha de Kickstarter com meta de 275.000 dólares que traz uma nova demo com o primeiro ato da primeira fase.

Além de ter a física característica do Sonic, o jogo gira em torno de uma mecânica de corda semelhante a vista no Knuckles’ Chaotix que podemos usar para pendurar o protagonista pelos cenários e ganhar velocidade com o efeito estilingue.

Para retrogamers mais informados, a jogabilidade lembra do clássico cult Umihara Kawase, e acompanhando discussões na 4chan(nel), vi que tinha mesmo um membro na equipe que queria as nuances dessa série no Vertebreaker mas teve que sair por motivos pessoais.

Dessa vez há um tutorial com ícones que dão instruções, e se o jogador não conseguir sacar a jogabilidade mal vai conseguir escapar de lá. Mesmo depois de terminar a demo eu ainda estava aprendendo a jogar direito…

Rascunho do protagonista, tirado da homepage do jogo.


Pois então, o herói esqueleto Richard Boehner (trocadilho com “Dick Boner”, ou “pau duro”, imagino…) está armado com a tal espada-chicote que gruda na maioria das superfícies e nos inimigos. Ao apertar o botão de espadada com o chicote cravado em alguma coisa, ele é contraído e assim podemos ganhar velocidade para voar pelo cenário e virar bolinha no chão para quicar nos monstrinhos.

É nos detalhes que a jogabilidade pode complicar um bocado, e aí é só jogando mesmo pra entender. Os inimigos presentes são bem capazes de se esquivar de ataques e retaliar de ângulos difíceis, e a quantidade de ossinhos necessária para recuperar energia aumenta para cada unidade de HP. O chefe no fim da fase também é bem capaz de chutar o jogador de volta a tela-título.

Como prêmio por terminar a demonstração, aparece a fase-teste da SAGE 2019 pros jogadores poderem aproveitar a jogatina de um jeito mais vertical. Em geral, Vertebreaker é um jogo de ação bem promissor que deve ficar bem bacana se superar essa meta salgada que eles inventaram no Kickstarter.

Edit (11/11/2019): O Kickstarter do projeto foi cancelado pois não conseguiram o impulso necessário para alcançar a meta de 275.000 até o fim do prazo. O projeto está em hiato, conforme explicado pelo Stealth num vídeo no YouTube e a equipe postou para os fãs um formulário para obter informações que lhes permitam começar uma campanha de financiamento coletivo melhor na próxima vez.

Nintendo Community Fangames Convention

1 de novembro de 2019 Deixe um comentário

Sabem, desde 2007 os fãs da Nintendo também tem uma convenção online de jogos caseiros do Mario e afins chamada Nintendo Community Fangames Convention, mas como eu era do lado da Sega durante a guerra eu vivo me esquecendo disso. Na categoria de jogos indie originais, temos apenas os três abaixo:

Lumiva Legacy

Este jogo, que se chamava Bingo The Multiva, também estava presente na SAGE 2019, e nesta versão recebeu uma fase nova que requer que todos os itens secretos das duas fases anteriores sejam encontrados.

Ele é um jogo de ação com física 360º de Sonic que tem sido produzido desde 2011, a mesma época em que conhecemos o Freedom Planet 1, e mudou bastante desde então, com o protagonista agora esticado e vestindo calças.

De ano em ano eu pegava as demos pra jogar e elas nunca rodavam nos hardwares que eu usava por incompatibilidade com o software em que ele é desenvolvido, o Game Maker. Só aparecia uma gororoba de gráficos na tela. Bom, apesar do laptop atual em casa estar com clique da morte no HD porque é só desgraça aqui, fui rodá-lo na biblioteca da faculdade mesmo de uma vez.

E o jogo é bacaninha. O Bingo tem ataques simples, um pulo duplo, quicada no chão que vale mais altura combinada com o pulo duplo e tem também o boost regulado por barra como em Sonic Rush. O level design fica mais encorpado na segunda fase disponível, cujo tema é industrial. Tem um minichefe nela que eu enfrentei após encontrar um powerup que adiciona características elétricas a todos os ataques do Bingo.

Só me encheu o saco como é fácil trombar nos ataques dos inimigos básicos conforme corremos, embora o Bingo tenha tanto HP que é difícil ser nocauteado. A física também é um pouquinho falha e faz o Bingo ficar travando em rampas de 45 graus.

Não cheguei a destravar a terceira fase, então fica aí o desafio para vocês.

Swing Swing Swing

O “Balance Balance Balance” é um jogo com gráficos bem simples, cujo conceito é avançar pelas fases pendurando a bolinha por uma corda cujo alcance é delimitado pelo círculo verde ao seu redor. Infelizmente o jogo, que parece bom, sim, deu pau aqui em menos de cinco minutos. Não importa o quão simples você faça um jogo, ele vai travar ou dar qualquer outro problema no computador de alguém e resultar em comentários idiotas para te dar a maior dor de cabeça…

The Clean Up Clyde Collection

Uma série de joguinhos arcade cuja versão completa foi lançada na Steam em dezembro de 2018. A demo disponível na NCFC tem duas fases de apenas um dos modos, que vão num ciclo até dar game over. O protagonista deve limpar muros enquanto desvia de obstáculos antes do tempo acabar, e a mecânica é simples e divertida como os jogos arcades das antigas devem ser.