Arquivo

Archive for maio \26\UTC 2014

(Indie – Android) PushTheCrate

26 de maio de 2014 2 comentários

pushthecrate
O PushTheCrate lançado pelo Jonathan Reis há alguns dias para smartphones Android é um puzzle sokoban em perspectiva isométrica. O objetivo, claro, é empurrar todas as caixas em cada fase para as posições marcadas.

Não tenho como comentar sobre o level design porque os gráficos das fases não aparecem no meu celular (talvez por não caber na tela?) e isso torna o jogo injogável pra mim, mas pelos screenshots o PushTheCrate parece atraente, sim, e os controles funcionam bem.

Gameplay de Hasslevania 2

25 de maio de 2014 Deixe um comentário


O Hasslevania 2: This Space For Rent do Del Duio ficou num hiato enquanto ele desenvolveu o Equin: The Lantern e o Weebish Mines, mas há algumas semanas ele retomou o projeto (que deve estar uns 2/3 pronto) e hoje mostrou nesse gameplay acima um pouco da WTF Zone, uma expansão de uma sala secreta que existia no primeiro jogo.

(Review – PC/Android) Paragon Infinite

10 de maio de 2014 2 comentários

parainfi
O Paragon do Mike Lasch é um jogo sobre uma bola que rebate em paredes, movendo-se na diagonal e grudando em barras para poder ser lançada novamente. Este spinoff para smartphones e PC, Paragon Infinite, foi criado durante o Flappy Jam e é do gênero corredor infinito. A câmera se move automaticamente para a direita e cabe ao jogador lançar a bola no momento certo para atravessar as brechas entre os pilares.

Há jóias entre os pilares que rendem pontos extras mas a ganância em capturá-las aumenta o risco de ser alcançado pela parede de espinhos à esquerda. Conforme a dificuldade aumenta, surgem paredes com vários buracos pequenos e paredes de espinhos.
parainfineon
O melhor é que desde o tempo de seu lançamento, o Paragon Infinite se livrou de tudo o que eu poderia reclamar dele. Antes o scrolling era lento e sempre havia uma parede de espinhos no lado direito. Agora o scrolling se adapta a velocidade do jogador. As paredes de espinhos me irritavam por tornarem algumas jóias impossíveis de pegar e me forçar a diminuir o ritmo para não trombar repentinamente nelas. Agora apareceu um modo de jogo sem espinhos.

Os outros dois modos disponíveis aumentam o espaço entre cada barra e levam a dificuldade ao máximo, respectivamente. Em geral, Paragon Infinite é um ótimo joguinho arcade. Até considero ele o melhor entre as homenagens ao Flappy Bird que conheci naquela Jam. E como hoje ele é de graça, aproveitem para baixar o zip ou o apk e divertam-se. O jogo custa 1 dólar e quem compra recebe os arquivos para jogar em PC, Android e Ouya.