Archive

Archive for julho \26\UTC 2013

(Indie) Attractio

26 de julho de 2013 Deixe um comentário


O Attractio é um puzzle em primeira pessoa para PC, Linux e Mac que os mexicanos da GameCoder Studios lançarão ainda neste ano. Como demonstrado no trailer acima, o jogo é sobre 3 personagens num reality show que devem resolver quebra-cabeças gravitacionais, usando diversos blocos como ferramentas.

Como vocês devem ter pensado, o jogo foi inspirado no Portal. Algo que esses dois jogos tem em comum é que obviamente não podem funcionar no meu ~netbook~ (aiaiai pixel shaders 3.0), mas se vocês estão numa situação melhor que a minha e tem interesse em testar este jogo, mandem seu endereço de e-mail à GameCoder para receber o beta quando ele for terminado.

(Indie) Chasm

25 de julho de 2013 Deixe um comentário


Chasm é um jogo bacanão da Discord Games que eu tenho tido preguiça de comentar por aqui. É um jogo de ação semelhante aos Castlevanias pós-SOTN, mas suas fases são construídas aleatoriamente. Quanto mais fundo na dungeon, mais complicado pode ser encontrar as escadas para o próximo andar.

O personagem pode juntar um punhado de items e equipar diversas armas e subweapons, mas há um limite de peso que deve ser considerado. Os items também podem ser trocados por bônus de stats numa sala de ritual que existe em cada andar.
chasm-play
A jogabilidade é fluída como se espera de um jogo desse gênero e o unseven cuidou bem da parte gráfica. Chasm foi fundado no Kickstarter, aprovado no Steam Greenlight e será lançado em 2014 para Windows, Mac e Linux em 2014.

Até lá vocês podem jogar a demo que eles disponibilizaram ou comprá-lo pela pré-venda. Se mudarem alguns valores na .ini do jogo, poderão jogar por vários andares a frente do ponto em que a demo normalmente acaba.

Categorias:Games, Indie Tags:

Devlog:

19 de julho de 2013 Deixe um comentário

Title
Pelo meu processo mental típico, ontem eu enfim inventei uma tela título pro Spikepig que pouco tem a ver com o que eu estava pensando até então. Desde o mês passado eu pude consertar praticamente tudo o que era problemático na Sonic Worlds Beta e também adicionei certas bobagens para o jogo em geral, então deve ser possível criar mais fases sem complicações.

Só por escrever isso o WordPress já corrompeu a resolução original da imagem acima. HUEHUE.

A build atual no Wuala é de alguns dias atrás.* Não consigo upar nada no Mediafire por enquanto.

*Build atualizada (22-07-2013)

(Romhack) Sonic Paint

19 de julho de 2013 1 comentário

SonicPaintGameplay
O MarkeyJester (Jester’s Challenge, Pana Der Hejhog) lançou um romhack chamado Sonic Paint há uma mês e eu só reparei nisso agora. O jogo não é uma modificação do Mario Paint (déjà vu da Sega anunciando o Sonic Colors), mas sim um modo score attack do Sonic 1 com uma mecânica curiosa: o Sonic deixa um rastro vermelho por onde corre e tem 1 minuto para cobrir a maior parte possível de cada ato com essa “tinta”.

A graça do jogo é procurar um equilíbrio entre ter cuidado tanto para não perder tempo quanto para não explorar insuficientemente as fases. Após cada zona as pontuações adquiridas até então são somadas. Vejam se conseguem passar deste placar de primeira tentativa minha:
SonicPaintScores
Tópico na Sonic Retro:
http://forums.sonicretro.org/index.php?showtopic=31613

Post 372: Retrotooslow News

14 de julho de 2013 Deixe um comentário

O shmup Huenison foi lançado para PC e AmigaOS 4:
hueniao
Além de resenhar jogos indie, o pessoal da RGCD (Retro Gamer CD) também desenvolve e publica jogos para PC e consoles e computadores retrô como o Atari STE e o Commodore 64. O mais recente é o Huenison da Retream, um shmup que é uma união de elementos de um punhado de arcades como Arkanoid, Pac-Man e Oil’s Well, huehuehue. O site do jogo não explica muito além das influências, mas há um trailer e uma demo de 5 fases para testes.

Apesar de Huenison parecer complicado nos screenshots, ele é fácil de entender após alguns minutos e possui mecânicas bem pensadas. A nave jogável se move pela linha no fundo da tela e pode trocar a cor de seus tiros.

Os blocos que caem do topo da tela são incapazes de ferir diretamente a nave, mas podem deformar a linha de movimento para perto do laser no topo. Se não atirar precisamente nos blocos de cor correspondente aos tiros, os tiros batem no laser e ele desce.

Em cada fase os blocos caem com velocidade ou padrão diferentes, por exemplo, na fase 5 o padrão é uma parede rápida. Para ajudar nessas situações, alguns blocos se convertem em tiros e powerups.

A demo passa uma boa impressão deste shmup. A versão completa está sendo vendida por 3 euros na loja online da RGCD e eles começaram uma campanha no Steam Greenlight.

Spud’s Quest, um adventure baseado na série Dizzy, será lançado entre Julho e Agosto:

Vez ou outra eu lembro de quando conheci Spud’s Quest no The Daily Click há um tempão. É bom saber que o ChrisD enfim está terminando o projeto deste adventure/platformer, após uma campanha bem sucedida no Kickstarter.

O jogo está em pré-venda e mais uma vez, joinhas no Steam Greenlight são bem vindas.

A GBJAM termina hoje:
GBJAMBanner
E há vários joguinhos Game Boy-escos disponíveis no fórum do evento.

Como exemplo de coisas legais que os participantes criaram, há o platformer Super Maki Star, um roguelike chamado Caves of Lynnthale, um corredor infinito chamado Runner! e o jogo de ritmo Assembly Line.

Mega Man Unlimited foi lançado hoje:
Vão lutar por justiça eterna, vão. Se o jogo rodar só com uma tela branca, vocês precisam trocar o .exe do jogo por um alternativo. Aqui o jogo estava sem controles além do Enter como Start, portanto primeiro tive que entrar no Options para configurar. Alias, não dá para pular a abertura por algum motivo…
UnlimitedTitle
Bem, o level design do jogo é um absurdo de qualidade e variedade, mas também é cheio de situações frustantes em que ou o Mega Man dá um pulo precisamente preciso ou bate num espinho e morre. Não sei a ordem dos chefes, mas sugiro começar pelo Jet Man ou pelo Rainbow Man.

E devo avisar que a fase do Rainbow Man é a de lasers, que são refletidos e expandidos. Eu recomendo ela pois é uma fase curta e “fácil” de atravessar após entender seus perigos. O mesmo vale para o Rainbow Man.