Início > Fangames, Games, Indie, Reviews, Sonic The Hedgehog > (Review – PC) Sonic Before The Sequel Aftermath

(Review – PC) Sonic Before The Sequel Aftermath

Title
Enquanto o lançamento do Sonic After The Sequel ainda está sendo segurado pela produção de sua trilha sonora, o LakeFeperd lançou hoje um pequeno spinoff: Sonic Before The Sequel Aftermath.

O jogo se diz experimental quando o jogador escolhe a resolução de tela. “Se ficar irritado, você é só mais um TRUE SANIC FAN fanboy”. Isso é porque o jogo é um “metronic”, um Sonic com elementos de Metroid. Não confundam com “metroidvania” pois não há nada de Castlevania aqui.
Gameplay
Esse negócio de metronic significa que há várias conexões entre as fases e o Sonic pode encontrar novas habilidades. A primeira é uma espada, que apesar de deixá-lo mais lento e remover o rolling attack é necessária para derrotar rapidamente os inimigos resistentes.

Os movimentos com a espada não são tão fluídos ou interessantes como poderiam ser nas mãos do Sonic, mas pelo menos é sempre possível voltar ao modo normal se ele estiver no chão. Também há upgrades para a espada espalhados pelas fases. Se pegar o suficiente ela começará a disparar raios, o que não é tão grande coisa quanto parece. E eu não tenho como fazer comparações com a jogabilidade do Black Knight pois eu nunca joguei aquilo e raramente lembro que ele existe…
Gameplay3
…Mas essa espada me faz lembrar de quando a Samus foi pro planeta Zebes e encountrou o Ridley que lhe perguntou “Ah, Samus. Quais são os seus negócios aqui?” e a Samus respondeu “Eu vim para por um fim a isso.” E então o Ridley levou a espada da Samus embora.

Perto do final há um par de tênis com jatos para usar pulos duplos ou um pulo longo. Essa é a parte mais legal do jogo pois essa mecânica é bem aproveitada até o final da fase.

Aparentemente existem outros itens, mas eu não os encontrei pois lutei com o chefe final logo em seguida. É um inimigo que surge misterioso no começo mas na verdade é um chefe básico bacaninha que não requer uso dos powerups. O jogo acaba sem um final ou conexão entre sua inexistente história e o enredo do Before e do After The Sequel.
Gameplay2
Realmente o jogo é bem experimental e parece mal-acabado ou um protótipo de algo maior. As fases se esticam demais com caminhos sem-graça e gimmicks são raras. Somando isso com as músicas tranquilas há o potencial de causar sono no jogador. Sonic pode pegar apenas 30 anéis e perde 10 por golpe, mas nem dá pra perceber alguma diferença de dificuldade trazida por essa mecânica. Além disso, anéis se tornam inativos quando Sonic tem 30, o que aumenta a sensação de vazio nas fases. Também há várias situações em que surge a impressão de que um chefe vai atacar o Sonic, mas nada acontece.

Depois de terminar o jogo o Tails é destravado, mas não testei muito ele. Fiquei pensando se devia continuar o jogo com o Sonic para ver se tinha perdido algo, mas surpresa: o jogo volta ao início e sem upgrades. E para o aumento de minha chateação eu descobri na galeria de artworks que a Sugar Splash do After The Sequel não terá chefe. Espero que pelo menos ela não termine sem nada especial.

Enfim, Aftermath serve como uma distração até o After The Sequel aparecer. Dura menos de uma hora e vale uma jogada para ver as suas idéias, mas não baixem ele na expectativa de que o jogo seja Sonic 4 como vocês o imaginam.

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. 12 de março de 2013 às 3:19 AM

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: