Início > Fangames, Games, Indie, Reviews, Sonic The Hedgehog > Cobertura da RAGE 2011

Cobertura da RAGE 2011

<<Parte anterior<<<<<

Quando a SAGE acaba e as pessoas pensam que é seguro parar de fangueimar, a RAGE surge para aloprá-los.

Desde 2007, no final das SAGEs há um costume de ter uma competição chamada RAGE (Really Amateur Games Expo) para criar o pior fangame de Sonic possível. Neste ano os participantes tiveram que criar jogos em que o personagem Vector é o protagonista ou um secundário importante.

Eu baixei os 250 megas de porcarias e agora terei que lhes contar sobre as tralhas fangueimisticas que vieram no pacote. Vocês que tiveram medo do Bible Adventure, pensem bem antes de ler o resto deste post.

Vector Into Dreams

Uma adaptação do clássico NiGHTS de Saturn com o Vector no lugar de Claris e Elliot. Em geral, ele deve caminhar pela fase até achar NiGHTS. O controle então passa para o carinha roxo, que deve pegar 80 bolas azuis pela fase e depois voltar ao início antes do tempo acabar (cuidado para não se perder). Os chefes que aparecem depois das fases simplesmente dançam pela tela e podem ser destruidos facilmente se NiGHTS bater muito e apanhar menos.

Apesar da tosquice extrema, não é tão ruim. o.o

Hyper Sonic Infinity Fusion Nexus

…Nada mais, nada menos do que a fase de testes da engine Sonic Worlds com algumas modificações e o Mecha Sonic com sprites do Vector e sem a maioria de seus ataques. Quando Vector é derrotado, não acontece nada.

Super Velcro Man 3

Vector pode atirar notas musicais que podem ser movidas com o mouse e usadas como plataformas, mas o conceito é desperdiçado porque nas telas dois e três é necessário apenas acertar uns bichos toscos com as notas para vencer. E então o jogo acaba.

Sonic 4
Um jogo besta de plataforma onde aparentemente o Sonic e o Dr. Eggman trocam de personalidade ou sei lá o que. O botão de pulo (espaço) não funciona direito, o que destrói a jogabilidade. A tecla A pula de fase e a tecla Q leva à fase final, onde o Sonic é o chefe.
O jogo tem muitos bugs e pode até travar aleatoriamente.

Vecter and Nyx Road Trip Two Target
Uma… droga de crossover entre Vector e My Little Pony (que é modinha atualmente) em que deve-se guiar Vector por um caminho enquanto clica VÁRIAS, VÁRIAS vezes em objetos para tirá-los do caminho. A jogabilidade é horrível e Vector constantemente fica preso sem encostar em qualquer coisa. Em certo ponto do jogo eu fui cuspido pra fora da pista e não pude continuar, então fechei.

Shadow Searches for Vector the Crocodile

Paródia de Silent Hill 2, com o Shadow procurando por Vector em lugares cheios de simboliiiiiiismo ao som de uma música horrorosa. Basta andar pelas telas, conversar com idiotas e clicar em monstros para vencer o jogo.

O mais ridículo é que o jogo fica o tempo todo com um watermark dizendo que foi feito no Game Maker Lite. Se é assim que as coisas funcionam agora, mais um motivo pra mim não usar o Game Maker.

Sonic GRiMDaRK

Como o título dá a entender, este é um jogo em que o Sonic é morto depois da segunda fase, seguido por Shadow e Silver e com direito a cenas melodramáticas de funeral tiradas de Fullmetal Alchemist. Vector é quem acaba salvando o mundo graças a sua obsessão pela sala de computadores. A jogabilidade e o jogo em geral não são ruins.

Vector Kart

“Vector Kart” não é apenas um jogo, mas sim uma compilação feita pelo pessoal do site Glorious Trainwrecks. O que a RAGE faz uma vez por ano, eles fazem o tempo todo e portanto não perderam a oportunidade de participar com suas tralhas.

O launcher dos jogos já começa com o aterrorizante tema da tela título do CrazyBus, pra se ter uma ideia do inferno que virá em seguida. Há 29 jogos disponíveis, que se repetem até a lista alcançar o número 200.

Vector Kart 01: Vector1

Vector parece meio despedaçado. Mova a parte que falta pela tela para revivê-lo. E é só. =T

Vector Kart 02: Vector’s Computer Room Sokoban
Vector precisa alcançar a saída da sala cheia de computadores em que se encontra. Para isso ele deve empurrar computadores para liberar o caminho, mas sem que as bombas sejam tocadas. Só há uma fase, mas a jogabilidade ruim fará vocês levarem um bocado de tempo para termina-la.

Vector Kart 03: Liquid Crystal Crocodile

Olhem, um minigame em estilo Game & Watch. Não é ruim. =O

Vector Kart 04: Sonic Cookies
“Paródia” de Sonic Crackers. Cookies é um Sonic Worlds estragado com Vector e Espio “jogáveis”. A “fase” disponível não tem fim.

Vector Kart 05: Find da Computer Room

Vector deve explorar um labirinto ao som de uma música tensa e encontrar o computador escondido antes do tempo acabar. Em cada jogada o computador aparecerá numa posição aleatória, o que é um toque legal.

Vector Kart 06: Vector the Crocodile Walks Through Great Art

Vector passeia por quadros famosos.

O final é legal.

Vector Kart 07: Vector the Crocodile is Chased by the Sun
Vector está no espaço e deve correr antes que o Sol o engula. Há anéis que devem ser pegos para ganhar pontos e velocidade. O jogo tem final.

Vector Kart 08: Sonic Teaches Finding the Computer Room – First Grade
Neste jogo, o sprite do Sonic de Robo Blast 1 nos pergunta onde está a sala do computador e devemos respondê-lo. E de novo e de novo. Se responder errado, a Terra explode. Uoh.

Vector Kart 09: Vector’s Chaotix

Neste jogo, tente lançar o Sonic nos inimigos para derrota-los e encontre o ícone do Vector para passar de fase. Ainda que a jogabilidade seja tosca, o jogo é interessante.

Vector Kart 10: Vector’s Block Ball

Isto parece ser um clone de breakout, mas assim que o jogo começa o Vector é preso ao bastão e não pode alcançar os blocos ou morrer. =T

Vector Kart 11: The Trail 2 – Vector Trail

Acho que isto é um paródia do jogo The Path. Levar o Vector até a saída (uma casa na parte de cima do mapa) conta como Game Over. Para “vencer” é preciso deixar o tempo acabar, o que faz o Vector tremer diante de uma maldosa voz que começa a dizer coisas que não entendo enquanto a tela escurece.

Vector Kart 12: Vector Likes Music

A princípio, Vector Likes Music parecia ser um jogo sobre nada… mas então eu descobri que Vector pode escalar as notas musicais que surgem quando ele anda. A última fase parece impossível, mas não é. Segurem baixo e direita ao mesmo tempo para mandar os meteoros pro lado direito da tela.

Vector Kart 13: Vector Gear Solid 2 – Sons of Eggman

Solid Vector deve avançar ao topo de várias telas enquanto evita ser visto por guardas. Se Vector é tocado por um guarda, morrerá instant-

GAME OVER YEAAAAAAAAHHHHH!!!

-aneamente, então tomem cuidado e não desperdicem tiros (é preciso gastar 15 em 3 guardas). Quando Vector encontrar Dr. Eggman, aparecerá uma tela de !!!HHHHHHAAAAAAAEY REVO EMAG (parodiando a memorável tela “Fission Mailed” de MGS2). Apenas esperem nela para a batalha final aparecer.

Vector Kart 14: Super Vectoshi

Este jogo é baseado na série Karoshi… o que me faz lembrar de que preciso escrever sobre essa série uma hora ou outra. Vocês conhecem essa série? Deviam.
O objetivo de cada fase é procurar uma forma de se matar, o que neste clone é feito de forma bem simples, fácil e tosca, mas que dá pro gasto. Até as multiplas fases finais estão presentes!

Vector Kart 15: Vector MPH

Neste jogo Vector voa pelos ares em direção a Marte, coletando esmeraldas e desviando de helicópteros (dá também pra se esquivar por dentro deles gastando alguns pontos). DASHRINGS aparecem vez ou outra para aumentar a velocidade de Vector. Como a distância até Marte é muito longa e bater em helicópteros causa game over instantâneo, este é um jogo difícil. Eu venci uma vez por MUITA sorte, pois nenhum helicóptero me apareceu enquanto eu pegava os dashrings no meio da tela.

Vector Kart 16: Vector the Crocodile Wants a Lot of Rings

Este jogo é formado por uma única fase repleta de anéis. Há 3 finais e o melhor aparece se Vector tiver pego 400 anéis. É preciso jogar o jogo algumas vezes para descobrir o caminho correto e pegar a maioria dos anéis.

Vector Kart 17: Vector’s Unchaotix
Parece que isto é uma continuação do Vector’s Chaotix (09). Aqui os papéis se invertem: Sonic é que arremessa Vector nos inimigos que vem de todos os lados da tela neste arena shooter bobão.

Vector Kart 18: VectorX
…Este jogo usa HTML5 e parece que eu não tenho isso.

Vector Kart 19: Vector Bros.

Este é um jogo para dois jogadores, com splitscreen, mas fácil de jogar sozinho. Os dois Vectors devem usar caixas e a sí mesmos como plataformas para achar um caminho até a saída. Vale lembrar que o portão só abre se todos os anéis da fase tiverem sido pegos.

Vector Kart 20: Vector’s Ordrix

Um jogo em que Vector corre infinitamente sobre uma superfície plana.
…É só isso.

Vector Kart 21: Color a Crocodile

Color a Dinosaur é melhor.

Vector Kart 22: Fuck Yeah Vector’s Music Player

Eu… não sei o que raios é isso, mas a música muda ao apertar botões ou esperar. E só.

Vector Kart 23: Vector Eats Food
Vector quer comer 10 pinguins. Use shift para pular, o mouse para clicar na alavanca e o lado esquerdo da tela para travar o crocodilo no ar e pegar os bichos com facilidade.

Vector Kart 24: Detective

Uma minúscula visual novel. Charmy Bee foi assasssinado e Vector busca vingança. Vector descobre que Shadow é o assassino. Shadow diz que teve que matar Charmy pois a série está cheia de secundários inúteis, mas Vector não dá ouvidos e o mata. Fim.

Há uma série de opções que podem ser feitas no começo da história, que apenas mudam a forma como Vector explica suas motivações aos leitores, poucas frases antes do final.

Vector Kart 25: Vector, King of Crocodiles
Vector tem de se defender dos jacarés que tentam lhe pegar. Para isso ele deve mirar neles e disparar socos. É possível também atirar chamas que matam facilmente os bichos, mas isso não vale pontos. Pior, isso parece elevar a dificuldade ao ponto de tornar o jogo impossível.

Vector Kart 26: Sonic and the Green Jogger
A parte mais importante deste jogo é a parte em que o personagem jogável é um humano com cabeção de Vector que deve, mais uma vez, encontrar a Sala do Computador. Apenas um computador é verdadeiro e os outros são bombas. Pra vocês não perderem muito tempo caso joguem, já lhes digo que o computador verdadeiro está no lado direito da área.

Vector Kart 27: Vector’s Dance Party

Dance Party é feito com a mesma engine do Vector, King of Crocodiles (25). Girem o braço do Vector para pegar os círculos na ordem correta e ganhar pontos.

Vector Kart 28: Vector’s Chaocodile Dentixt
Este aqui é baseado no brinquedo Crocodile Dentist e é feito para 2 jogadores, que devem tirar alternadamente os dentes do Vector (THAT’S ME! THAT’S ME!). O perdedor é quem acaba tirando o dente ruim, que faz Vector fechar a boca.

Vector Kart 29: Vector the Crocodile in Pony Adventure
Mais pôneis? Sorte minha que não tenho o tal “interpretador” pro jogo funcionar.

…E é isso. Espero que este post não tenha matado ninguém. Na verdade, é surpreendente como alguns dos joguinhos comentados não foram uma perda de tempo. O vencedor da competição foi o Vector Kart, mas nem tanto por quantidade acima de qualidade, já que alguns dos jogos incluídos são mesmo um tanto interessantes.

  1. 5 de outubro de 2011 às 3:02 PM

    E aí, rapaz, você não se anima de fazer um fangame também depois de ver um negócio desses? ^_^

    • 7 de outubro de 2011 às 2:25 AM

      Eu espero poder ser tão indie quanto esses caras, Gagá. Hahaha!

  1. 3 de outubro de 2011 às 12:27 AM

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: