Início > Games, Indie, Reviews > (Review – PC) DreamBall 64

(Review – PC) DreamBall 64

Título: DreamBall 64
Console: PC
Criado por: RetroSouls
Lançado em: 2008


Apesar do título, DreamBall 64 não é um jogo para Nintendo 64, mas sim um jogo freeware (ex-shareware) para PC, semelhante ao clássico Marble Madness e a série Super Monkey Ball.

Em DreamBall, controlamos uma bolinha para passar por dentro de certo número de arcos e então acertar o gongo GOAL que aparecerá/se ativará em algum local de cada uma das 70 fases.

E conforme o jogo passa encontramos várias gimmicks como molas, bumpers, ventos ascendentes, espinhos, áreas de controle 2D e dashpads.

Dashpads?
MALDITO SEJA, IIZUKA!!!
Ahhh, enfim, o jogo tem variação o suficiente para não ficar repetitivo até a fase 70.

Uma das fases 2.5D.


A jogabilidade é boa. O mouse é usado para mover a bola e quanto mais distante dela fica o ponteiro, mais rápida ela fica. O clicar do botão esquerdo é usado para girar a câmera em certos pontos das fases 2.5D. E falando em câmera, ela não dá problema algum.
Se eu consegui completar o jogo com um touchpad sem ficar com muita raiva, vocês que usam mouse não deverão ter dificuldades para mover a bola. O único problema que reparei na jogabilidade é o que acontece se a bola bater em espinhos: o ponteiro inexplicavelmente sai voando junto. Consequentemente, a bola cai no buraco mais próximo sem que nada possa ser feito a respeito… Pelo menos num touchpad.

Terminar o jogo não é complicado, pois embora tenha várias fases difíceis – algumas longas e frustantes, inclusive – dá pra jogar cada uma quantas vezes for necessário pois não há sistema de vidas.

MUITA calma nessa hora...


Os gráficos são bons, mas é uma pena que o background e as texturas do terreno sejam sempre as mesmas por todo o jogo, só mudando as cores. E a trilha sonóra é retro, como nos tempos do NES. Algumas são bem interessantes, e outra eu lembro de ter ouvido em outro jogo: Lyle in Cube Sector.

O jogo também tem suporte a Online Highscores, que pega a soma de seus pontos em cada fase e compara com outros jogadores. Só não gostei do jogo ter de se fechar para fazer isso.

A última fase é uma tremenda homenagem aos malditos dashpads e todos os seus males. Sério. Joguem e verão...


Como vocês devem ter percebido, DreamBall 64 é um clone de Marble Madness e Super Monkey Ball que não irá gastar sua paciência com game overs. O que há para reclamar disso? Este foi um dos melhores freewares que joguei nos últimos tempos, sem dúvida.

Download:
http://www.retrosouls.net/?page_id=133

Categorias:Games, Indie, Reviews Tags:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: