Início > Games, Indie, Reviews > (Review – PC) Hatman 1 e 2

(Review – PC) Hatman 1 e 2


>>Introdução>>>>>
Hatman é uma série de dois jogos de ação criada por um cara chamado Bibin que descobri na The Daily Click. O primeiro saiu há três anos e o segundo no mês passado.

No controle de Hatman, podemos lançar seu chapéu para derrotar inimigos, abrir baús e coletar moedas. O chapéu pode ser movido para cima e para baixo e se comporta como um bumerangue.

Abaixo, minha opinião sobre os dois jogos.

>>Hatman 1 (04/10/2008)>>>>>

O primeiro Hatman foi criado em 4 dias para uma competição da TDC e venceu.
O jogo tem 3 fases pequenas, cada um com uma moeda gigante e vários baús escondidos. É necessário correr por esteiras laranjas para mover barreiras da mesma cor.

O level design é bom e cada fase se destaca bem, exceto pela terceira que acaba rápido demais, sem nada de especial acontecer apesar do tema de vulcão e da distorçao nos gráficos.

Os chefes são bacanas de se enfrentar, do tipo em que devemos procurar por suas fraquezas antes de causar danos. Estranho é a tosquissima explosão nuclear que ocorre quando eles morrem.

Quê.


O jogo em geral é divertido, mas curto demais. Nem há final, há apenas uma mensagem de desculpas do autor dizendo que ele não teve tempo de criar mais fases, mas que criaria uma segunda parte com outras 7… Se o jogo se desse bem na competição.

Booooooooooo!!! ¬_¬


Uma “Chantagem passiva”, como ele mesmo admite.

>>Hatman 2 (24/12/2010)>>>>>

Eu não sei direito o que aconteceu depois do lançamento de Hatman 1, mas a segunda parte do jogo nunca apareceu como o prometido. E olha que o jogo ganhou a competição da qual participou. Há um vídeo de 2009 que mostra um Hatman 2/Super Hatman com scrolling vertical e novos movimentos para o personagem, mas quando o tal jogo finalmente saiu há um mês na competição de Natal da TDC, saiu com o que parece ser a mesma engine do primeiro jogo e míseras 3 fases curtas.

E essas 3 novas fases não são muito boas. O level design me parece bagunçado (com espinhos em posições apelativas, por exemplo), e não há quase nenhuma novidade em questão de gimmicks nas fases. Raios, a segunda e a terceira fase parecem derivadas da segunda do primeiro jogo!

Já os chefes (o chefe, na verdade) continuam bons e ao contrário das fases, são bem diferentes do que vimos no jogo anterior. Além disso o carinha felizmente não vira um cogumelo tosco de fumaça quando perde.

Outra coisa que não gostei é que apesar de ter sido lançado pra uma competição de Natal, o jogo remete cada vez menos a data conforme avançamos nele. Só não esquecemos completamente do lado natalino por causa do final, em que Hatman confronta o vilão e o acusa de ter “roubado metafisicamente o Natal”.

Vejam só o espírito natalino dessa fase.


E falando no final, praticamente não há final. De novo. Hatman se joga num buraco atrás do vilão e tenta recuperar o último chapéu roubado, mas o cara se recusa a entregar o chapéu, explicando que o jogo vai terminar dessa forma ridícula mesmo e que o autor resolverá a situação no próximo episódio.

Pois é, eu não gostei muito de Hatman 2 e fiquei mais chateado ainda ao jogar o seu antecessor. As únicas coisas que eu achei melhores neste jogo além dos chefes foram o HUD e o sprite dos baús.

>>Conclusão>>>>>
Hatman é uma série divertida e tem potencial pra ser ainda melhor, mas pra isso será necessário uma versão maior e com level design mais inspirado.

>>Download dos jogos>>>>>
-Download do Hatman 1
-Download do Hatman 2

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: