Arquivos

Archive for dezembro \30\UTC 2009

(Review – PC) Dodgeball?

30 de dezembro de 2009 Deixe um comentário

Título: Dodgeball?
Console: PC
Criado por: npd89
Lançado: aparentemente em 2005, mas apareceu na TDC em 07/11/2009


Dodgeball? é um simples jogo de arcade em que controlamos um stickman para desviar, correndo e pulando, de uma chuva de bolas pelo maior tempo possível.

Conforme o tempo passa, as bolas começam a vir em maior quantidade. E como elas também rebatem umas nas outras, sobreviver por bastante tempo é uma questão de reflexos e sorte.

A pontuação final depende do tempo de jogo, do número de bolas que apareceram e de quantas estavam na tela no momento de derrota. Pontos extras podem ser ganhos ao deixar as bolas passarem de raspão pelo personagem.

Os gráficos são minimalistas, mas isso não é problema, ainda que eu gostaria que a animação walking do stickman fosse melhor. A música que toca no jogo é a da segunda fase de Earthworm Jim e até que ela combina bem.

Dodgeball? é um jogo divertido para passar o tempo, especialmente porque ele tem suporte para placar online.

Link de download:
http://www.create-games.com/download.asp?id=7987

CategoriasGames, Indie, Reviews Tags:

Jogando: Super Hydlide (Parte 3)

29 de dezembro de 2009 Deixe um comentário


Depois de chegar na Heavenly City, o próximo local a visitar é o Water Palace, e para isso é preciso cair por um buraco do lado de fora do Sky Palace. Para chegar lá, é preciso andar em volta do prédio. Algo que só percebi por acidente, depois de dar várias voltas por DENTRO do palácio, procurando em vão por paredes falsas…

No Water Palace, o rei está a procura de um item chamado Dragon’s Fang, que está em algum lugar da Subterranean City…
Só que há um probleminha… Para sair do Water Palace é necessário pegar o ID Card, que está jogado num canto do palácio. Claro, há uma magia de teletransporte no jogo… Só que eu não tinha ela ainda. Então eu usei um punhado de save states (ficar acordado até de madrugada é algo mortal, lembram?) até encontrar o maldito item…

O ID Card está ALÍ.


Falando em teletransporte, curiosamente, a City of The Forest é chamada de City of The Woods em seu menu.
Outra coisa é que, com a magia de teletransporte em mãos, é fácil viajar entre a Heavenly City e a Tower of Habel, e com o personagem forte o bastante para matar os vampiros da torre sem tomar muito dano, o truque de ganhar 30 EXP repetidamente lá na CotF acaba ficando obsoleto.

…Então, o próximo dungeon, Cave of the Dead, está escondido em baixo da Subterranean City. Para chegar lá, é preciso invadir uma área bloqueada da cidade, passando por uma parede falsa. Além disso, a entrada para a CotD está debaixo de um baú que deve ser checado duas vezes. Pra piorar a situação, a caverna é totalmente escura, sendo necessários um lampião e ao menos duas garrafas de óleo (do mais caro) para iluminar um pouco o local. Pelo menos a música da Cave of the Dead é ótima. Depois de explorar o labirinto, que é cheio de armadilhas que envenenam e poderosos fantasmas roxos, encontrei o chefe, um dragão de 3 cabeças. O herói não pode se aproximar do dragão, e deve esperar que o bicho estique a cabeça para poder acertá-lo. Curiosamente, ele não tinha nome ou mesmo uma barra de energia…

Depois de matar o dragão e levar seu dente embora, voltei ao Water Palace, onde ganhei acesso à sala de tesouros do rei. Entre vários items inúteis, havia um pergaminho, que quando usado no lago próximo a City of The Forest, revela uma nova dungeon a ser explorada.
Uma torre cheia de… ROBÔS.
ROBÔS.
Sabem, há um tempo atrás eu joguei o Wonder Boy in Monster World (versão Turma da Mônica) do Mega Drive, e agora, vendo essa torre de robôs aqui no S. Hydlide, acho que este jogo vai terminar do mesmo jeito que o outro:
OS VILÕES DEVEM SER ALIENÍGENAS!!!
LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLL
Anyway. A Tech Fortress é uma fortaleza cheia de robôs rápidos que causam grande dano com seus ataques. Alguns dropam o item Bronze Armor ao serem mortos. Pena que esse item é extremamente pesado, e deve ser jogado fora imediatamente antes que os inimigos comecem a cercar o protagonista. Por outro lado, esse item vale bastante dinheiro quando vendido, então, quando não estiver ocupado tentando subir a torre, pode ser uma boa idéia se teletransportar até a CotF para vendê-lo.
…Fim do episódio. Depois escrevo mais.

CategoriasGames, Gaming Nikki Tags:

Merry Gear Solid 2 foi lançado.

26 de dezembro de 2009 Deixe um comentário


A continuação de Secret Santa, The Ghosts of Christmas Past acaba de ser lançada. Um dia atrasado, mas tudo bem.
Vão jogar. AGORA!
(…Se tiverem condições de baixar um arquivo de 79 MB. Dublagem, pessoal. Dublagem.)

CategoriasFangames, Games, Indie Tags:, ,

RetroNatal: James Pond II – Codename Robocod

24 de dezembro de 2009 2 comentários


Há alguns anos, quando eu morava em Osasco, havia uma locadora perto da minha casa, onde eu sempre alugava um ou outro jogo para jogar no meu Mega Drive. Um deles foi o jogo natalino James Pond II: Codename Robocod, com o qual eu fiquei por mais de um mês, enrolando o pessoal da locadora, enquanto tentava terminar o maldito.

Tela Título sem graça, heim?


No jogo, a fábrica de brinquedos do Papai Noel foi invadida pelo Dr. Maybe, que também está mantendo os ajudantes do Noel (pinguíns, na maioria das versões) como refêns. James Pond, agora com o codinome Robocod, por causa de sua nova armadura, deve ir lá derrotar o Dr. Maybe mais uma vez.

Nota: Se não entenderam o nome do Doutor, aqui vai: Yes, No, Maybe.

Robocod é um jogo de plataforma que foi lançado para o Mega Drive e Amiga em 1991. Desde então, ele foi portado para vários outros consoles.
O jogo tem diversas fases, cujos temas podem ser relacionados de alguma maneira com presentes de Natal. As duas primeiras fases, por exemplo, são sobre artigos esportivos e bonecos de pelúcia. Também lembro de fases relacionadas a música e ao Xadrez. A cada duas fases é necessário enfrentar um chefe.
Para prosseguir por cada parte das fases, é preciso procurar pelos pinguíns espalhados por elas. Robocod pode esticar seu corpo e se pendurar pelo teto para explorar melhor as áreas. Além disso, vários veículos podem ser pilotados durante o jogo, e um outro powerup dá asas para o Robocod.

O jogo até que é bonito e tem uma boa trilha sonóra. Também é bem longo, e um tanto difícil também. Muitas vezes eu fracassei no jogo e ví a tela de game over, que mostra o Robocod morto na neve e os pinguíns levando ele embora. Isso me dava medo… E anos depois, agora que eu sei ler inglês, percebo que os bichos levam ele embora para comê-lo no café da manhã! Sinistro.
Enfim, o jogo é legal, divertido e o final, mesmo que simples, compensa o esforço para terminá-lo…

Blogs que participaram do RetroNatal:
* RETROPLAYERS
* GAGÁ GAMES
* NOSTALGIA & TECNOLOGIA
* THE TWOSDAY CODE
* ALUCARD WEBSITE
* DINGOO BR
* PASSAGEM SECRETA
* GAMERETRO

Sonic Vegemite voltou!

24 de dezembro de 2009 Deixe um comentário


Sonic Vegemite é um site que foi fundado em 2000 por um fã conhecido pelo nome Matt The Yak. O site se concentra na exibição de hoaxes, que são montagens, por vezes comédicas, relacionadas aos jogos do Sonic.
Também é conhecido por uma seção em que os usuários mandam mensagens a respeito de coisas que detestam, e então Matt os responde de forma cômica e coloca as mensagens no site.
Matt foi responsável pelo clássico fan game When Tails Gets Bored.
Uma coisa que o site não tem é informação sobre a série Sonic, tanto que um dos lemas do site é “Porque você já sabe o nome da série.”
O Vegemite do título é um condimento de comida produzido na Austrália.
O site havia sido fechado em 2008, mas voltou ao ar há alguns dias. Ele ainda está em reconstrução.

Link:
http://sonicveg.com/home.php

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 314 outros seguidores